Assinar
Postagens [Atom]

Minhas Meninas Lilypie Kids Birthday tickersLilypie Fourth Birthday tickers <META content="MSHTML 6.00.2900.2604" name=GENERATOR><!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </HEAD><BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d24748681\x26blogName\x3dPri+e+as+meninas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://prieasmeninas.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://prieasmeninas.blogspot.com/\x26vt\x3d2675041127829884024', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
segunda-feira, março 19, 2012
Tornar-se mãe

Li esse texto no blog da Claudia e achei tão verdadeiro que resolvi colocar aqui!

Publicado em 15.03.2012
Por Cintia Andrade Moura*

Para muitas mulheres, a maternidade inicia-se na gestação. Para outras, na adoção.
Nutrir o desejo de ser mãe é comum na intimidade feminina. Enfrentar a impossibilidade de gerar um filho é, para muitas, frustrante e estarrecedor.
Pensar na ideia de ser mãe pela adoção gera vários questionamentos e enfrentamentos e, por isso, infelizmente algumas mulheres simplesmente desistem do sonho da maternidade.
A maternidade proporciona na vida da mulher transformações e descobertas inimagináveis.
Tornar-se mãe é muito mais que gerar um filho. Para ser mãe, é imprescindível e suficiente o amor. Disso chamamos a adoção.
Que importa se o teu filho não carregará a tua herança genética? Ele carregará as tuas lições de vida.
Que importa se o teu filho não sairá do teu ventre? Ele entrará na tua vida e na tua alma.
Que importa se não puderes amamentar o teu filho ao peito? Ele será alimentado por tuas mãos cheias de ternura e amor.
Que importa se o teu filho não terá teus traços fisionômicos? Ele possuirá os traços da tua forma de pensar e agir perante o mundo.
Abençoadamente, sou mãe adotiva e colho os melhores frutos da convivência com meus filhos.
Certo dia, estava em viagem com a família e minha filha mais velha (uma negra belíssima!) entrou no ambiente em que me encontrava iniciando o seguinte diálogo:
− Mãe, uma amiga minha da escola me perguntou por que sou diferente de você?
− O que você respondeu? − perguntei sem alarde.
− Eu falei para ela que é porque sou adotada.
− E isso te incomodou? − quis saber.
− De forma alguma, mãe! Eu tenho o maior orgulho de ser adotada, de ser sua filha e de papai, e de ser negra.
Emocionada, falei para ela que de todas as coisas lindas que eu já havia escutado na vida, essa era a mais bela de todas. E ela completou:
− É o seu presente de aniversário, mamãe!
Abracei tanto a minha filha que quase a sufoquei. E chorei... Chorei e ainda choro por tantas emoções e felicidade que a maternidade adotiva me proporciona. Agradeço a Deus pela oportunidade de ser mãe de uma forma tão completa e intensa. De ser uma mãe que nasceu pela atitude adotiva.
Desistir de amar é desistir de viver.
Desistir da experiência extraordinária de ser mãe porque não se pode gestar é que é frustrante e estarrecedor.
* Cintia Andrade Moura é uma orgulhosa e feliz mãe adotiva

P1270084

Sou uma mãe abençoada!!!!



DEIXE AQUI SEU RECADINHO


quinta-feira, março 15, 2012
A Bailarina

 

Para o dia nacional da poesia nada melhor do que uma né?!

 

A Bailarina de Cecília Meireles

ASS_3784  

Esta menina

tão pequenina

quer ser bailarina.

Não conhece nem dó nem ré

mas sabe ficar na ponta do pé.

ASS_3818

Não conhece nem mi nem fá

Mas inclina o corpo para cá e para lá.

Não conhece nem lá nem si,

mas fecha os olhos e sorri.

Roda, roda, roda, com os bracinhos no ar

e não fica tonta nem sai do lugar.

Põe no cabelo uma estrela e um véu

e diz que caiu do céu.

 

Esta menina

tão pequenina

quer ser bailarina.

Mas depois esquece todas as danças,

e também quer dormir como as outras crianças

DSC00700

Amo essa poesia!!!! bjksssss



DEIXE AQUI SEU RECADINHO


segunda-feira, março 12, 2012
menininhas do meu coração

 

Tem dias que fico olhando minhas meninas e essa musica me vem a mente e é meu desejo… mas elas tem que crescer né?!!

foto

"menininha do meu coração
eu só quero você
a três palmos do chão
menininha, não cresça mais não
fique pequenininha na minha canção
senhorinha levada, batendo palminha
fingindo assustada do bicho papão
menininha, que graça é você
uma coisinha assim
começando a viver
fique assim, meu amor, sem crescer (...)


fique assim, fique assim, sempre assim
e se lembre de mim
pelas coisas que eu dei
e também não se esqueça de mim
quando você souber enfim
de tudo que eu amei..."
.
Valsa para Uma Menininha
(Vinícius / Toquinho)

Ai ai meu coração!!!

rsrsrs!!!!



DEIXE AQUI SEU RECADINHO


quinta-feira, março 08, 2012
Dia da Mulher

 

Queria deixar aqui registrado o meu super Parabéns a todas as mulheres e aos projetos de mulheres também!!! Aqui em casa tenho dois projetinhos desses e peço muito a Deus que me dê sabedoria para que elas sejam mulheres virtuosas!!!

 

Parabéns!!!!!!!

2012-03-02 niver Laercio - amendoeira 016



DEIXE AQUI SEU RECADINHO